Blog

Publicado em:19/10/2018

SINUSITE

O QUE É?

A sinusite é uma inflamação da mucosa que envolve os seios da face, das maças do rosto e dos olhos.  Na maioria das vezes se desenvolve após um resfriado ou de uma crise de rinite alérgica.

A mucosa reveste os seios da face por completo, sendo assim, a inflamação se manifesta em diversos pontos:

  • Pode ser frontal (na testa);
  •  Maxilar (maçãs do rosto);
  • Etmoidal (entre o globo ocular e o nariz);
  • Esfenoidal (lateral ou no vértice da cabeça),
  • Pansinusite, que compromete todas as cavidades. 

A sinusite causada por vírus evolui como uma gripe e melhora em torno de uma semana. Quando o estopim são as bactérias, ela pode ser classificada como aguda, durando até 14 dias, ou crônica, quando a crise persiste por mais tempo.

SINTOMAS

♦Tosse

♦Febre

♦Nariz entupido

♦Febre

♦Dores musculares

♦Coriza

♦Obstrução nasal

♦Perda de apetite

♦Dor de cabeça (não se manifesta nas crianças)

 

Atenção: a sinusite é muito comum na infância por conta da imaturidade imunológica e de fatores ambientais que facilitam a transmissão de micro-organismos. Os tipos viral e bacteriano agudo são os mais recorrentes durante a infância.

 

SIMUSITE EM CRIANÇAS ALÉRGICAS 

                                 

Quem tem algum tipo de alergia  está mais propenso em contrair a sinusite. Pois os processos alérgicos provocam inflamações das mucosas e funcionam como um abre-alas para os causadores da sinusite. Outro fator que influencia é o nariz inchado, que acaba prejudicando a eliminação de secreções e favorece a ação dos agentes infecciosos.

DIAGNÓSTICO

As crianças ainda não têm uma formação completa dos seios da face, são poucas as que já desenvolveram antes dos 7 anos, por isso não é necessário fazer Raio X.

É por esse motivo que a avaliação é clínica, não necessitando de exames de imagem. O médico vai analisar o histórico e verificar quando os sintomas deram início.  

SINUSITE CRÔNICA

Não é comum na infância. Mas em geral, os sintomas duram mais de 12 semanas. Quando acontece, o diagnóstico está relacionado a alergias, desvio de septo, refluxo e fibrose cística. O ideal é manter o acompanhamento com o pediatra e fazer o tratamento adequado.

 

CRISES

As crises são provocadas por alguns fatores: gripe comum, ar-condicionado, clima seco e ambientes com excesso de pó.

 

TRATAMENTO

Sinusite viral: é tratada como uma gripe, com analgésicos e descongestionantes.

Sinusite bacteriana e crônica: requer o uso de antibióticos, descongestionantes, expectorantes e corticoides tópicos.

 

GRAVIDADE

 Leve a moderada: congestão nasal; tosse; cefaleia, dor facial e irritabilidade; febre baixa ou ausência de febre.

 Grave: rinorreia purulenta; congestão nasal; dor facial ou cefaleia; edema periorbitário; febre alta (temperatura axilar ≥ 39ºC)

 

COMO EVITAR?

♦Desligue o ar-condicionado

♦Evite ambientes secos

♦Umidifique o ambiente

♦Beba bastante água

 

Dica da Dra. Jack: faça lavagem nasal diariamente e inalação a vapor. Pingar soro fisiológico no nariz algumas vezes ao dia vai permitir que seu filho respire melhor.

 

Mamãe, não esqueça que alimentos ricos em vitamina C são ótimas opções para fortalecer o sistema imunológico. Já as frutas com propriedades expectorantes podem amenizar os sintomas.

►Lembrando que estou dando apenas dicas. Se seu filho apresentar algum sintoma agende uma consulta com o pediatra.

 

Com carinho,

Dra. Jackeline P. Carneiro